sábado, 1 de junho de 2013




Questões existenciais de qualquer criança! 

- Tia? Porque é que quando não consegues comprar as calças que querias ficas chateada? E como resolves isso?
- Pois fico! Olha, sei lá, vou correr para a passadeira durante uma hora…
- hummm… Ok!

- Mãe? O que é que fazes quando a tua amiga, que te ia ligar, não liga e sabes que teve todo o tempo do mundo, como tu dizes em voz alta, de ligar para a outra?
- Sei lá o que é que eu faço! Irrito-me um pouco, barafusto para o ar e pronto…
- Pois, eu sei, já apanhei com esses “para o ar”, sem explicação…

- Mano? Como é que ficas quando o teu amigo preferido, não vai contigo ao jogo, combinado há bué de tempo e prefere ir com outro amigo ao cinema?
- O que é que tens tu a ver com isso? Sei lá!!! Fico chateado á brava!
- Pois… E depois todos aturam a tua música aos altos berros, aquela que rebenta com os ouvidos de qualquer um, certo?

-Pai? Como é que tu ficas quando o chefe te chateia à sexta-feira e tens que sair mais tarde do trabalho, quando já tinhas planos para me levares a mim e ao mano a andar de bicicleta?
- Não me digas nada filho!!!! Há alturas que me apetece rebentar com tudo…
- Pois, e depois barafustas com todos os que se metem à tua frente no trânsito ou te ultrapassam pela direita, e eu lá atrás é que te oiço….


Mas , como EU, só tenho 6 anos e sou uma criança, toda a gente se esquece, que eu também tenho amigos e fico triste quando eles me trocam por outro; que eu também quero coisas, muito e, às vezes, não me dão; que eu também me irrito quando quero muito ver desenhos animados e vocês não deixam; que eu também me chateio porque a professora quer que eu esteja uma hora sentado a fazer coisas que eu ainda não sei, mas, como sou uma criança parece que eu não tenho direito a fazer o que vocês fazem, mesmo sentindo o que vocês sente…

Sim porque eu sei que, não posso ter tudo o que quero ou, que façam tudo o que me apetece!! Eu só preciso que me deixem, pelo menos, mostrar como sei, a minha irritação, frustração, tristeza e angústia sem ter que irem a correr ao psicólogo para que ele vos diga aquilo que eu tou farto de saber, que é: EU NÃO TENHO NADA!! Só estou a deitar cá para fora as coisas que eu sinto cá dentro, da forma que eu melhor sei fazer!! Sou criança sabiam?? Ainda há coisas que eu não aprendi ! Como é que vocês faziam quando tinham a minha idade????

Só queria que vocês soubessem disto no meu dia: Dia Mundial da Criança. E já agora, não há por aí um presentinho, aqui para o menino??

A Equipa do Canto da Psicologia deseja a todas as crianças e a todos os adultos que ainda se permitem dialogar com a sua criança, um fantástico dia!

Ana de Ornelas
Directora Técnica




Sem comentários:

Publicar um comentário