terça-feira, 24 de novembro de 2020

Exercício físico com/sem máscara?

 



Em tempos tão conturbados, a nossa preocupação deve passar por manter o corpo e a mente sã e equilibrados, sendo o exercício físico uma ferramenta fundamental para a manutenção da saúde. Neste sentido, foi feito um estudo para perceber o desempenho físico com o uso de máscara para proteção individual e sem máscara. Foram avaliados valores de saturação arterial e o índice de oxigénio tecidual nos membros inferiores (membros que exigem maior irrigação sanguínea) numa prova de esforço progressivo em bicicleta. O uso das máscaras não afetou o desempenho a nível cardiovascular, a avaliação da perceção do esforço, assim como a frequência cardíaca média dos participantes. De referir que o teste foi feito com pessoas saudáveis e com um teste progressivo de intensidade até à exaustão.

Estes dados, apesarem de serem limitados, permitem perceber que para esforços feitos em espaços fechados e de intensidade moderada, a máscara não prejudica o rendimento nem a segurança da pessoa. Caso exista receio em treinar em espaços fechados, o uso da máscara pode ser um fator de confiança. Prioridade por exercícios de força e/ou de componente cardiovascular de intensidade moderada.

 

Bons treinos

Hugo Silva

Instagram: hugo_silva_coach

-Licenciatura Educação Física/Especialização Treino Personalizado
-Pós-Graduação em Marketing do Fitness 
-Pós-Graduando em Strength and Conditioning
-Director Técnico ginásio Lisboa Racket Centre


Sem comentários:

Publicar um comentário